A Polêmica sobre a Comuna de Paris entre situacionistas e Henri Lefebvre


A Internacional Situacionista lançou um texto contendo notas sobre a Comuna de Paris. O sociólogo Henri Lefebvre, próximo dos situacionistas, também. Os dois textos são idênticos e Lefebvre foi acusado de plágio. Os dois textos estão presentes na obra O Significado da Comuna de Paris, bem como uma avalição da polêmica por Marcus Vinicius da Conceição e um comentário crítico de Nildo Viana focalizando a Comuna de Paris. Este é o volume 04 da Série Comuna de Paris, que já publicou textos de Marx, Korsch, Bakunin e Kropotkin e em breve lançará outros volumes.


Título: O Significado da Comuna de Paris

Autores: Attila Kotányi, Guy Debord, Raoul Vaneigem, Henri Lefebvre, Marcus Vinicius Conceição (org.), Nildo Viana.

Editora: Edições Enfrentamento.

Edição: 01.

Ano da publicação: 2021

Páginas: 86

ISBN: 978-65-88258-25-5

ISBN EBOOK: 978-65-88258-26-2


SINOPSE


Henri Lefebvre e a Internacional Situacionista buscam, a partir de suas concepções, interpretar a Comuna de Paris. A Comuna foi uma “festa”, afirmam eles. Assim, a partir da crítica da vida cotidiana, eles analisam a experiência comunarda. Nildo Viana realiza uma análise crítica das duas interpretações, extremamente semelhantes. Marcus Vinicius Conceição, por sua vez, aborda a questão do plágio e polêmica entre o sociólogo e os situacionistas. Os textos trazem elementos analíticos da Comuna de Paris, análise das interpretações sobre essa experiência revolucionária, análise das posições e polêmica entre Lefebvre e situacionistas.


Série Comuna de Paris.


Comprar na Livraria Redelp.

Comprar em outras Livrarias.

91 vues0 commentaire

Posts récents

Voir tout
  • Facebook
  • Edições Enfrentamento
  • YouTube
  • Pinterest
  • Tumblr Social Icon
  • Instagram